Valls Reafirma Seu Compromisso Por Barcelona E Aspira A Ser úteis Através Da Câmara Municipal

Blog

Valls Reafirma Seu Compromisso Por Barcelona E Aspira A Ser úteis Através Da Câmara Municipal 1

A julgamento de Valls, “a senhora Colau não é a mesma coisa que o senhor Maragall; nem sequer ela, nem ao menos as bases de BComú. Ignorá-lo é absurdo ou mentir”. E acrescentou: “Que como presidente da câmara tenha tido acções impróprias, como o discurso que pronunciou no Salo de Cent, após ser dada, não o invalida”.

Nem que Colau for pendurado de novo o laço amarelo pela varanda da câmara Municipal, uma capacidade que Valls qualificou de “lamentável e reprovável”e apelou a que se retire, resta validade para tua decisão de apoiar a sua investidura. “Mas sejamos sérios -continuou-.

Já sabia que o faria; a questão é que tivesse feito Maragall”. “Deixo somente o pe que eu não recebo lições de oposição ao populismo e o nacionalismo -continuou o edil de Barcelona pel Canvi-. Nem na França, nem ao menos aqui. O que eu mostrei mais uma vez no sábado, lembrando que em Portugal não há presos políticos, nem exilados”.

As relações de Valls com Cs foram muito tensas, especialmente depois das eleições andaluzas de dois de dezembro, que surgiu um governo do PP e o partido laranja apoiado pelo Vox, admitiu o vereador. “A única coisa que impediu minha ruptura foi o tratado assumido com os barceloneses”, reconheceu.

A manifestação pela praça de Colón, em Madrid, dez de fevereiro, tenso ainda mais a situação. Valls não tem escondido que foi um erro recorrer ao lado da geração de extrema-direita. “Diz-Se que a divergência que foi produzido havia sido decorrência de um problema pessoal com Albert Rivera.

De qualquer forma -salientou o ex-primeiro-ministro francês-. É um dificuldade político”. “Há um ano, quando me instalei em Barcelona, o Local era um partido liberal, progressista, europeísta e centrado, no entanto insuficiente a insuficiente o partido com o qual eu compartilhei várias coisas se transformou em algo contrário”, lamentou Valls.

  • Fernando Magro Fernández (2004-2007)
  • A natureza da formação (matéria organizada e não montado do nada)
  • 1 Caso a Linha um do Metro de Lima 6.1.1 Formalização da acusação da Procuradoria
  • 204 Convite pra safari fotográfico
  • 3 Trabalho infantil

“ficou -continuou -, em um jogo que pactua-se de fato com uma formação iliberal, reacionária e ganhou as eleições legislativas nesse”. E recordou: “Não vale se esconder atrás do Partido Popular”. A forma de agir de Cs não é do agrado do político franco-espanhol. “Não se poderá definir a política de Portugal em branco ou preto”, avisou. “A política do quanto pior, melhor, é errada e perigosa”, acrescentou.

Na sua avaliação, a formação laranja “deixou órfãs, para as pessoas que o vinte e um de dezembro de 2017 mostraram o teu apoio bravura de Inês Arrimadas”. “É de uma vasto irresponsabilidade destinar-se buscar a toda a hora o pior -continuou Valls-. A tensão e o conflito sem sugerir nunca uma escolha não levam a ambiente nenhum.