O Que São As Deputações Provinciais?

Blog

O Que São As Deputações Provinciais? 1

a Sua eliminação e transformação de um conselho distrital de autarcas é um dos acordos do pacto entre o PSOE e Local para a posse do secretário-geral dos socialistas, Pedro Sánchez. Estas instituições de caráter territorial fornecem serviços para os menores municípios, que por si mesmos não conseguem prestar os, como a água, os resíduos e os bombeiros.

Além do mais distribuídos por fundos estatais para consertar caminhos, estradas e algumas infra-estruturas. Cooperam com os municípios por meio de contribuições econômicas através dos planos provinciais, recaindo a socorro a respeito matérias como o saneamento e controle ambiental, a engenharia, o urbanismo ou o bem-estar social. Existem quarenta e um deputações provinciais em Portugal.

  • Mar.2009 | 22:Cinquenta e um
  • cinco Interrogatórios dos diretores da Odebrecht (fevereiro de 2019)
  • 79 Z: Porque dissemos-lhe que não a política. É tão senso comum como isso
  • 4 Catedral de Huesca

delas, 38 são de regime comum e três de regime foral. Também, existem 7 cabildos e quatro conselhos insulares. As 7 comunidades autónomas uniprovinciales (Principado de Astúrias, Cantábria, Comunidade de Madrid, La Rioja, Região de Múrcia, Navarra) não têm deputações provinciais, porque essa administração foi absorvida pela planta da família das asteraceae. No caso de Navarra, o Governo municipal recebe o nome de Deputação Foral de Navarra. A câmara municipal é o órgão de governo e administração das províncias e territórios históricos do País Basco (país basco, Espanha e Espanha). Estas 3 deputações forais têm um regime especial e diferem das deputações provinciais especialmente no que são órgãos de eleição direta e em que têm competências no domínio da fiscalidade basca.

Em determinado momento intermediário entre a sua volta e o ano 293, Diocleciano transferiu o comando da disputa contra renunciar outra vez de Maximiano a Flávio Constâncio. Na primavera de 293, pode ser que no Philippopolis (Plovdiv, Bulgária) ou Sírmio, Diocleciano faria o mesmo com Galério, marido da filha de Diocleciano, e talvez bem como prefeito do pretório de Diocleciano. Constâncio foi designado para a Gália e Britânia, e Galério a Síria, a Palestina, o Egito, e ganhou também a responsabilidade sobre as fronteiras orientais.

Este sistema de governo ganhou o nome de tetrarquia, cujo motivo é, literalmente, “governo de quatro”. Os imperadores da tetrarquia eram mais ou menos soberanos de suas próprias regiões, e viajavam com suas próprias cortes imperiais, administradores, secretários e exércitos. Diocleciano passou a primavera de 293 viajando com Galério em Sírmio a Bizâncio (atual Istambul, pela Turquia).

em seguida, voltou pra Sírmio, onde permaneceria até a primavera do ano seguinte. Danúbio durante um tempo. Aquincum (Budapeste, Hungria), Bononia (Vidin, Bulgária), Ulcisia Vetera, Castra Florentium, Intercisa (Dunaújváros, Hungria), e Onagrium (Begeč, Sérvia). Os novos fortes se tornaram quota de uma nova linha de defesa, chamada de Ripa Sarmatica.

Depois, durante 299 e 302, durante o tempo que Diocleciano residia no oriente, foi a vez de Galério de desafiar uma vitoriosa campanha no Danúbio. A defesa conseguiu a muito gasto alto, entretanto foi um marco muito significativo em uma área penoso de defender. Galério, durante o tempo que isto, se viu envolvido em confrontos no Alto Egito, em 291-293, onde teve que sufocar uma revolta ambiente.

Diocleciano por homogeneizar o sistema tributário egípcio com o do resto do império provocou o descontentamento e desencadeou-se uma nova revolta pra partida de Galério. O usurpador domitianus ponderou-se a si mesmo augusto em julho ou agosto de 297 e extenso porção do Egito, incluindo Alexandria, o reconheceu como tal. Alexandria, que pôs cerco. Diocleciano já havia tomado o controle a respeito do território egípcio.